Melhore a Atenção e Concentração: Como? Viva no Momento Presente

Artigo Publicado na revista Online EsmeraldAzul

27 Outubro 2014

logo-topo-pt

 

 

 

images3

 

 

A prática de mindfulness – atenção plena – é uma ferramenta muito positiva para a melhoria da concentração, atenção, aprendizagem, memória de trabalho e função executiva (i.e., capacidade de planeamento e execução de atividades).

 

Vários estudos demonstram os benefícios da prática de mindfulness nestas diferentes dimensões cognitivas e que as melhorias observadas são acompanhadas por alterações a nível neuronal associadas a estas funções. Isto foi verificado em praticantes de longo prazo, assim como pessoas que completaram o programa de 8 semanas de mindfulness para redução de stress desenvolvido pelo Dr. Jon Kabat-Zinn da Universidade de Massachusetts (MBSR). Estes benefícios foram igualmente verificados na população sénior portuguesa (Martins, 2014) o que apoia a linha de evidência científica que demonstra que o mindfulness exerce uma função neuroprotetora na perda de massa cinzenta cerebral nas áreas associadas à atenção e regulação emocional.

 

O mindfulness está também associado à melhoria dos sintomas cognitivos presentes na depressão incluindo falta de concentração e esquecimento. Contamos ainda com alguns estudos (e.g., Langer et al., 1988) em contexto laboral que revelam uma melhoria na criatividade após completarem o curso de 8 semanas de mindfulness.

 

Como é que estes benefícios são observados?

 

Mindfulness é baseado no treino da nossa atenção no momento presente permitindo-nos minimizar os pensamentos automáticos de distração que nos levam a coisas que aconteceram no passado ou futuro. Já notou quantas vezes a sua atenção não está na sua atividade do momento presente? Quantas vezes por dia fica “perdido” em memórias ou projeções do futuro? Se nunca pensou nisso faça o exercício de notar no seu dia-a-dia a frequência com que ocorrem estes momentos!

 

A realidade é que acontecem muitas vezes ao longo do dia gerando mais tensão, ansiedade e dispêndio de energia mental e emocional na nossa experiência diária. O que aprende nos cursos de mindfulness é exatamente a treinar a mente a focar-se no agora, a fortalecer a sua capacidade de atenção e a fomentar uma disciplina diária para incluir as práticas de mindfulness no seu quotidiano. Consequentemente irá observar melhoria nas várias funções cognitivas mencionadas.

 

Exercícios para fazer:

-       - Estabeleça uma prática diária formal de mindfulness. Pode ver um exemplo aqui ou aceder a várias práticas aqui

          - Cultive a sua atenção no momento presente durante as várias atividades que completa ao longo do dia: desde tomar banho, a conduzir, até ás atividades laborais que solicitam a sua atenção focada

-       - Note quando a sua atenção deixa de estar no momento presente e quando isso acontecer calmamente redirecione a sua atenção novamente para o presente – faça este exercício quantas vezes forem necessárias

-       - Se estiver com a sensação de bloqueio mental durante alguma atividade criativa ou laboral em que não consegue escrever ou organizar as suas ideias convide-se a parar por alguns instantes e foque a sua atenção na respiração, no seu corpo no momento presente. Respire e deixe todos os pensamentos irem, deixe a sua atividade mental acalmar e silenciar. Relaxe no momento, sem forçar nada acontecer, permita-se estar sem qualquer tipo de objetivo a notar a sua respiração no momento presente. Depois da sua prática mexa o corpo fazendo alguns alongamentos e deixe qualquer tensão presente se dissolver.

-       - Quando se sentir preparado regresse à sua atividade e permita que as ideias fluam de momento a momento, como fez com a respiração. Não force nada.

 

Dra. Carla Martins

Ser Integral: Centro Português de Mindfulness

Copyright © Ser Integral 2014 - All Rights Reserved.

Production and Design by: PTWS - Alojamento Web.