Momentos Mindful com Gratidão

 

Artigo Publicado na revista Online EsmeraldAzul

2 Setembro 2014

 

 

 

 

logo-topo-pt

 

 

Mandala-Gratitude 

 

Muitos de nós tem dificuldade em apreciar a vida no dia-a-dia ao nos enredarmos em pensamentos sobre variadas preocupações, cenários futuros de vida ou ruminarmos sobre eventos que aconteceram no passado. Envolvidos neste enredo mental com uma carga emocional negativa perdemos contato com a experiência imediata do momento presente e não conseguimos identificar as variadas coisas pelas coisas nos podemos sentir gratos e felizes na nossa vida. Vivemos numa realidade mental de negatividade e pessimismo que nos leva a estados emocionais de tristeza, depressão e stress.

 

O mindfulness faz-nos o convite de pararmos no momento presente, de focarmos a atenção aqui e agora permitindo-nos ver com clareza a experiência do momento, permite-nos ver a beleza do agora e sentirmo-nos felizes pelo que aqui está neste instante – não importa o que foi ou o que poderá ser.

 

Mindfulness é um acordar para a vida, uma forma de vivermos a vida com receptividade, curiosidade e aceitação, de nos reconvidarmos vezes sem conta a voltar a este instante e de escolhermos viver neste momento presente, de momento a momento.

 

Ao vivermos no agora estamos conectados com a vida, acordados para experienciar cada momento presente tal como ele se apresenta – sem nada rejeitar – entendendo que em cada experiência temos uma aprendizagem a retirar, um insight a realizar, um momento a apreciar com aceitação e gratidão.

 

Cultivar este estado de presença e gratidão retira-nos de estados emocionais de depressão e stress e rapidamente nos leva a sentir felizes com a nossa vida neste momento presente, isto porque o nosso foco de atenção vai recair sobre coisas com que estamos felizes na nossa vida neste instante. Mindfulness e gratidão mudam a forma como vemos a vida, como nos relacionamos com cada instante e abre as portas para novas experiências no nosso dia-a-dia.

 

Desta forma, uma prática de mindfulness pode facilmente integrar uma prática de gratidão perante o momento presente basta trazermos a atenção para este instante com uma atitude interna de gratidão e apreciação. Por exemplo, se estivermos a observar a respiração podemos fazê-lo com uma atitude interna de gratidão perante o movimento do ar a entrar no corpo e o movimento do ar a sair do corpo. E porquê gratidão? Porque respirar e sentir a respiração significa que estamos vivos e acordados para este momento da nossa vida.

 

“Temos a tendência de nos esquecer que a felicidade não surge em obtermos algo que não temos, mas antes em reconhecermos e apreciarmos o que já temos” Frederick Koenig

 

 

Exercício:

Fica o convite para fazer o seguinte exercício neste momento:

-       Observe as sensações presentes no seu corpo neste momento com uma atitude de gratidão e apreciação

-       Feche os olhos e convide-se a ficar por alguns instantes nessa observação

-       Cultive gratidão pelo que está presente neste instante, por este momento presente

-       No final, observe como a prática o fez sentir. Como seria a sua experiência se trouxesse esta atitude de gratidão para mais momentos do seu dia?

 

Dra. Carla Martins

Ser Integral: Centro Português de Mindfulness

 

 

Copyright © Ser Integral 2014 - All Rights Reserved.

Production and Design by: PTWS - Alojamento Web.