Um passeio mindful pela praia ou o campo

 

Artigo Publicado na revista Online EsmeraldAzul

24 Julho 2014

 

logo-topo-pt

 

 

walking-on-the-beach

 

Quando chega o verão aumenta a nossa disponibilidade para dar passeios pela praia ou o campo. O sol, o calor e os dias mais longos convidam-nos a passar mais tempo fora de casa e muitos experienciam que estes passeios, de alguma forma,  ajudam a recarregar baterias ao fim de um dia ou semana de trabalho.

 

Caminhar ao ar livre perto da praia ou no campo pode ser uma boa prática de atenção plena (i.e., mindfulness). No ritmo natural do dia-a-dia o caminhar acaba por ser um ato automático ao qual prestamos pouca atenção: o corpo está em movimento, mas a nossa mente está a pensar em outra coisa qualquer – algo que aconteceu no passado ou alguma tarefa que temos que completar mais tarde. Este movimento da mente é sempre algo que nos retira da experiência direta do momento presente, da experiência direta da vida neste instante. A prática de atenção plena convida-nos a regressar a este instante presente, a viver no aqui a agora, de momento a momento.

 

Caminhar com atenção plena é uma excelente forma de praticar o estar no momento presente permitindo-nos notar o corpo em movimento e ao mesmo tempo prestando atenção aos estímulos estímulos da natureza que nos poderão transmitir uma sensação de serenidade e quietude interna.

 

Na prática de mindfulness a caminhar a nossa atenção recai sobre o corpo e movimento do corpo enquanto caminhamos.

 

Experimente a seguinte prática de mindfulness a caminhar na praia ou fazendo um passeio no campo ou até mesmo dentro da sua casa se preferir:

  1. Defina o local onde vai fazer a prática de mindfulness a caminhar
  2. Quando chegar o local definido fique por uns instantes na posição de pé a notar o seu corpo no momento presente. Note o peso do seu corpo nos pés, sinta os músculos a apoiar e estabilizar a postura. As suas mãos podem estar no posição que quiser e preferir – note os braços e as mãos. Respire no momento, observe sem avaliação, sem querer mudar nada. Apenas note as sensações que estão presentes no corpo desde o topo da cabeça até aos pés
  3. Se quiser pode fechar os olhos e preste atenção à relação do corpo com o espaço envolvente. Respire e permita-se sentir tudo à sua volta.
  4. Preste atenção aos estímulos presentes: sons, cheiros, temperatura do ar, as cores e as formas. Apenas note sem qualquer avaliação ou comentário. Sinta a sua presença nesse momento, nesse espaço.
  5. Comece a caminhar num ritmo mais lento do que o normal de forma a estabilizar a sua atenção no momento presente e no movimento do corpo. Preste atenção ao contato dos pés no solo, o movimento do pé a pousar e a levantar, as sensações na articulação dos joelhos e da anca enquanto caminha. Respire e caminhe – um passo de cada vez, um momento de cada vez. Caminhe de forma atenta, mas ao mesmo tempo relaxada.
  6. Se a mente vaguear e entrar em piloto automático: convide-se novamente para o momento presente, para o seu corpo, o ato de caminhar. Não precisa de excluir da sua atenção os estímulos externos –note o que vai surgindo á medida que caminha no momento presente.

 

Para uma prática de mindfulness (atenção plena) a caminhar veja o vídeo aqui

 

Dra. Carla Martins

Ser Integral: Centro Português de Mindfulness

Copyright © Ser Integral 2014 - All Rights Reserved.

Production and Design by: PTWS - Alojamento Web.