Como usar o Mindfulness para lidar com os Pensamentos Negativos Automáticos

 

Artigo Publicado na revista Online EsmeraldAzul

4 Novembro de 2015

 

logo-topo-pt

 

 

Pensamentos Automáticos Negativos 1

 

 

Quanto iniciamos a prática de mindfulness o primeiro desafio que observamos é notarmos que os pensamentos que surgem na nossa mente nos retiram constantemente do momento presente. Pensamentos que são como um macaquinho a saltar de galho em galho, os pensamentos saltam constantemente entre conteúdos mentais do passado, presente e do futuro.

 

Muitos dos pensamentos que temos ao longo do dia surgem, não como uma escolha consciente, mas simplesmente invadem a nossa atenção. Quando damos conta estamos enredados em planos do amanhã ou a reviver algum episódio que aconteceu ontem. Isto é perfeitamente natural, no entanto, quando estes pensamentos surgem com um conteúdo negativo observamos impactos igualmente negativos a nível de bem-estar psicológico e físico.

 

 

A prática de mindfulness permite-nos cultivar uma maior consciência destes pensamentos e identificar aqueles padrões mentais que têm uma tendência mais permanente e repetitiva e que nos levam a experiência internas de stress, ansiedade, tristeza, angústia e depressão - Pensamentos Negativos Automáticos ou Ratoeiras Mentais.

 

Estes padrões negativos poderão surgir como “Eu não consigo”, “Ninguém gosta de mim”, “Eu não sou suficiente”, “Estão sempre todos contra mim”, “A minha vida vai ser sempre assim!”, “Eu não mereço ser feliz!”etc. Estas ratoeiras mentais normalmente surgem sem nos darmos conta e quando nos apercebemos já estamos envolvidos numa espiral mental e emocional negativa.

 

 

O Dr. Elisha Goldstein, professor de mindfulness e psicólogo nos E.U.A., sugere uma prática de mindfulness para nos libertarmos da carga negativa destes pensamentos ao criarmos um espaço interno de atenção plena e consciência:

 

1. PARE toda a atividade que está a fazer e sente-se numa postura confortável

 

 

2. OBSERVE A RESPIRAÇÃO: notando o ar a entrar no corpo quando inspira e o ar a sair do corpo quando expira. Observe a respiração na barriga, no peito ou nas narinas. (se quiser utilize o vídeo em baixo nesta fase do exercício)

 

 

Meditação Mindfulness (Atenção Plena) Guiada na Respiração - 5 minutos from Centro Português de Mindfulness on Vimeo.

 

 

3. Depois convide-se a DAR UM NOME ao pensamento ou padrão de pensamento negativo. Por exemplo, vitimização, catastrofizar, lamentação, auto-comiseração, etc). Ao nomearmos o padrão de pensamento estamos a cultivar uma maior consciência do que está presente na nossa mente no momento presente. Este reconhecimento permite-nos regressar á experiência do momento presente e cultivar um distanciamento perante os pensamentos presentes e a carga emocional associada a esse padrão mental.

 

 

4. Posteriormente, permita-se SENTIR as emoções presentes neste momento. O que está a sentir emocionalmente? Depois, observe o peso do corpo e as sensações presentes. Poderá identificar sensações em algumas áreas do corpo que estejam a espelhar a carga negativa do pensamento e emoções presentes. Observe e respire no momento presente.

 

 

5. Convide-se a DEIXAR IR repetindo interiormente as frases: “Ao inspirar eu reconheço a emoção que está aqui neste instante (use o nome da emoção). Ao expirar eu deixo-a ir.”

 

 

6. REDIRECIONE A SUA ATENÇÃO para algo que é mais saudável e positivo ou simplesmente para algo que seja importante prestar atenção (ex. uma atividade que tem que completar)

 

 

 

Pensamentos automativos Negativos 2

“Escolhe os teus pensamentos ou deixa os pensamentos escolher-te a ti!”

 

 

Acorde para o presente. Faça uma escolha consciente, em cada momento da sua vida, perante os pensamentos que surgem: escolha não se identificar com padrões negativos e fortaleça padrões mentais positivos. Desta forma, está a treinar a sua mente a focar a atenção em pensamentos que alimentam estados internos positivos de bem-estar, saúde e equilíbrio emocional.

 

Dra. Carla Martins

Ser Integral: Centro Português de Mindfulness

www.serintegral.pt

Copyright © Ser Integral 2014 - All Rights Reserved.

Production and Design by: PTWS - Alojamento Web.